TUMORES E CÂNCER DE PELE

Plástica Reparadora

Existem diversos tipos de lesões de pele:  benignas, pré-malignas (suspeitas) e malignas.

As lesões benignas sem suspeição de malignidade só são retiradas por motivos estéticos.

As pré- malignas, ou seja, as que apresentam potencial em se transformar num câncer de pele devem ser retiradas para prevenção.

As malignas, ou seja, os cânceres de pele, devem ser ressecados para tratamento.

Basicamente o  câncer de pele se apresenta como uma lesão nodular e perolácea , com vascularização, como uma ferida que não cicatriza ou como lesão escura e pigmentada (melanoma). Todas precisarão de acompanhamento dermatológico e pelo cirurgião plástico e em alguns casos também pelo cirurgião oncológico. Todos esses podem ressecar a lesão, sendo o cirurgião plástico o mais indicado pra fazer a reconstrução local quando necessária.

Lesões suspeitas são aquelas irregulares, que crescem rápido, com cores diferentes, bordas assimétricos, vascularização intensa.... na dúvida venha nos visitar ou procure um especialista da sua confiança (cirurgião plástico ou dermatologista)

Existem diversos tipos de tratamento para ressecção.

Citarei aqui alguns tipos de reconstrução:

-       com a própria pele do paciente ( retalhos e enxertos) ;

-       com enxerto de gordura lipoaspirado;

-       com expansores teciduais;

-       dentre outras ...

Para maiores informações venha nos visitar.

 

Consulta

- A consulta é um dos passos mais importantes dentro de todo o processo que envolve a sua cirurgia. É nesse momento que, além de nos conhecermos, estabeleceremos todo a nossa relação médico-paciente que deve ser baseada na honestidade e confiança, fundamental para o sucesso que almejamos na sua cirurgia;

- Será feita uma anamnése detalhada, um exame físico,  avaliação quanto ao procedimento e as reais possibilidades do seu resultado e esclarecimentos de dúvidas;

- Independente da cirurgia que você deseja uma avalicão da sua pele está sempre inclusa nas nossas primeiras consultas (Skin Care).

 

 

Reduzindo riscos e complicações

- Escolha um médico membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - Confirme: www.cirurgiaplastica.org.br;

- Exame físico adequado;

- Avaliação laboratorial, clínica e cardiológica pré-operatório quando necessária;

- Cirurgia realizada em Hospital ou Clínica com estrutura adequada de suporte em situações de emergência;

- Anestesia feita por anestesistas membros da Sociedade Brasileira de Anestesia;

- Profilaxia de Trombose Venosa Profunda de acordo com a indicação: deambulação precoce, uso de medicamentos que evitam a formação de trombos se necessário, rastreamento de doenças tromboembólicas pelo hematologista, caso algum episódio no passado ou familiar, uso de bota compressora pneumática durante o procedimento (este equipamento estimula a circulação mesmo com você anestesiado, evitando a estase venosa e formação de trombos);

- Uso de placas ou gel de silicone evitando cicatrizes hipertróficas;

- Drenagem Linfática, além de relaxante, estimula a circulação corporal, diminui o edema, melhora a disposição e agiliza a recuperação;

- Se você é fumante, será informada de todos os riscos e orientada a parar de fumar por no mínimo duas semanas.

CLÍNICA WE CARE | DRA. BIANCA OHANA

CRM 5280522-0

RQE 18262

R. Visc. de Pirajá, 595 - Sala 1306 - Ipanema, Rio de Janeiro - RJ, 22410-002

(21) 3988-6751 | (21) 971632879

clinicabiancaohana@gmail.com

wecarerj@gmail.com

SAC 2.0 / whats’app: 21 996956751